COMPRAR OU ADOTAR?

12:05:00


Hi guys (: Como vocês estão?
Dei uma sumidinha no blog (muita coisa acontecendo, ando sem tempo até para respirar), mas hoje vim aqui conversar sobre esses amigos de quatro patas tão amados.

Acho que todo mundo gosta de ter um bichinho em casa. Seja um gato, um cachorro, um coelho, canário ou peixinho dourado. Toda casa fica mais viva quando tem algum pet morando nela. Como é algo que tem crescido bastante, afinal, quase todo mundo tem pelo menos algum animalzinho em casa, existe uma discussão que vem crescendo junto com isso: comprar ou adotar?




Muita gente defende que o certo é adotar, porque você não compra  um amigo. Assim como tem gente que defende que comprar é o melhor, porque você sabe o tamanho que seu filhote vai ficar, o estilo de vida que ele prefere, o temperamento, e mais um monte de coisas.

Para mim, a verdade é: faça o que você quiser, mas faça por amor.

Vejo muita gente que quer comprar um cachorro simplesmente porque ele é "o cão da moda". Todo mundo tem um Pug, então eu também quero um. Agora, o cachorro fofinho da vez é o Golden Retriver, então eu largo o Pug em qualquer lugar e compro um Golden. Mudamos de novo, todo mundo fala que gatos são a nova tendência, então vou comprar um Persa para combinar com meu tapete e dar meu Golden para qualquer um. A moda agora é adotar vira-lata, então adeus gatinho e olá vira-latinha.

Esse tipo de gente me incomoda, e me incomoda demais. Cães, gatos, pássaros, peixes, tartarugas, não importa. Eles não são itens de decoração. Não são tendências de moda. São vidas. Tem um coração batendo ali. Tem sentimentos de amor, tristeza, felicidade, medo, companheirismo rolando dentro deles.

Se você prefere adotar um pet, então ótimo. Existem milhares de ONGs protetoras espalhadas pelo Brasil todo, e com certeza existe uma na sua cidade. Sempre tem filhotes para adoção em clínicas veterinárias, Pet Shops ou feiras de adoção. Procure sobre isso, pesquise bem. Ou pegue aquele cãozinho que você sempre vê na rua. Leve-o para casa, dê um banho, alimente e  leve-o ao veterinário. Ele precisa de cuidados, não só de amor.

Mas se você sempre quis ter um pet da raça x, tudo bem também! É um direito seu.
Porém, você também precisa pesquisar. Não é só ir no pet shop da esquina e escolher o filhote da vitrine. Pergunte de onde veio aquele filhote. Qual é o canil dele? Posso conhecer o canil? Muitas vezes, esses filhotes fofinhos que vemos para comprar saíram de "canis-de-fundo-de-quintal". Ou seja: os "donos" não dão a mínima para os cães/gatos que estão procriando. Quanto maior a "produção", melhor. E não, não é assim que deve ser feito. Mais uma vez: eles são vidas, não objetos.
Pesquise canis/gatis sérios, visite esse lugar, veja como os animais são tratados. De preferência, chegue de surpresa, assim você vê como é a situação real, e não uma situação preparada para visitas. Porque, sim, muitos lugares marcam a visitam, limpam tudo, dão banhos nos animais, preparam todo um ambiente para parecer que eles são bem cuidados, quando na verdade não é assim. Então pesquise, pesquise MUITO antes de comprar um filhote.

E independente se você for adotar um filhote ou comprá-lo, tenha em mente que é uma responsabilidade MUITO grande que você está tomando para si. Não pense que só por ser um cachorro pequeno ou um gato, as responsabilidades serão pequenas. Nada disso. Ter um pet em casa é quase como ter um filho. Ele precisa de atenção, ele precisa brincar, ele precisa de espaço para correr (e se você não tiver isso em casa, vai precisar fazer muitas caminhadas com ele), precisa de brinquedos, comida e petiscos (afinal, quem não gosta de receber um agrado de vez em quando? Ah, e PETISCOS DE ANIMAIS, HEIN?!), casinhas ou caminhas, se for um animal de pouco pelo, precisa de roupinhas para o frio, se for um animal peludo, precisa tosar no calor. Eles precisam de banhos, coleiras e remédios anti-pulgas, visitas regulares ao veterinário, vacinas. Eles precisam do seu tempo para lavar regularmente os comedouros e bebedouros deles, para limpar o quintal, a caixa de areia, a gaiola ou o aquário. Eles precisam de você!

Ter um pet é preciso muita dedicação, muito amor e muito tempo. Cada animal tem uma necessidade, então antes de você comprar ou adotar um, pense sobre sua vida, sobre quanto dinheiro, quanto espaço e quanto tempo você tem. Será que você pode mesmo comprar um Dog Alemão, que come quase 1k de ração por dia, para sua casa que tem um quintal 4x4 e seu salário que quase nunca sobra um pouquinho? Você precisa pensar sobre tudo isso, pois eu digo mais uma vez: pet é vida, não objeto.




E para você que mora em Atibaia, sabia que temos uma ONG aqui também?
A ONG Amapatas abriga mais de 340 cães e gatos, entre idosos, cadeirantes, resgatados e abandonados. Se você mora em Atibaia ou região e está pensando em adotar um pet, que tal visitá-los? Afinal, entre 340 animais, aposto que você vai gostar de pelo menos um deles <3
E se você não tem como adotar um animalzinho agora (seja por falta de espaço, porque os pais não gostam, ou qualquer coisa), você pode apadrinhar um dos pets da ONG, pode contribuir com doações de ração ou dinheiro, ou pode simplesmente visitar o lugar, brincar com os pets, ajudar com o que for preciso naquele lugar. Toda ajuda é muito bem vinda <3


E você? Tem pet em casa? Prefere adotar ou comprar?
Só quero dizer que todos os pets aqui de casa foram adotados (menos as calopsitas e os periquitos da minha mãe), mas existem algumas raças de cães e gatos que eu gostaria sim de comprar para encher de amor <3
Beijos e até a próxima ;*

You Might Also Like

8 comentários

  1. Olá Wendy, adorei a sua reflexão! Acho sim que temos todo o direito de ter a raça que nos agrada mas concordo também que existem milhares de animaizinhos abandonados precisando de lar e amor. Já comprei e já peguei da rua, um pouco de tudo. Um beijo querida :)

    www.robertazanatta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, existem milhares de animais abandonados e isso me deixa extremamente triste. E existem animais para todos os gostos e bolsos, para compra, adoção, o importante é amá-los e amá-los muito <3
      Obrigada pela visita *-*
      Beijos ;*

      Excluir
  2. Dy adorei seu posicionamento: Faça por amor. É isso mesmo, amiga. Vc arrasa na escrita e nas informações. Parabéns ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAAAAWN, Lucien *---* Obrigada, de verdade <3 Passe sempre por aqui *--*
      Te amo <3

      Excluir
  3. Eu prefiro adotar. Tantos bichinhos abandonados precisando de um lar.
    Não sou contra comprar, mas eu tenho muita dó dos que estão abandonados então acabo sempre adotando mesmo

    www.ruivacriativa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também prefiro adotar e sou a favor da compra consciente. Eu quero MUITO ter um dálmata, um rotweiller, um golden e são raças que dificilmente você consegue adotar. A minha vida toda tive vira-latinhas e eles são muito, muito amorosos *---* Mas como eu disse no texto: comprando ou adotando, o importante é fazer por amor <3

      Obrigada pela visita, linda *---*
      Beijos ;*

      Excluir
  4. Parabéns pelo blog! Muito lindo. Tenho certeza que vai ser o maior sucesso!!
    www.vivaessamoda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAWN, poxa, obrigada <3 Volte sempre, Linda <3
      Beijos ;*

      Excluir

Hey geeks (:
Espero que tenham gostado do post.
Deixem seus comentários, perguntas, elogios. Uma palavrinha de vocês já vai alegrar o coração da ruivinha aqui ;*

Subscribe