EU ASSISTI: ESQUADRÃO SUICIDA (BEDA #10)

16:51:00


Hi guys (: Como estão?
Eu sei, ontem foi minha primeira falha no BEDA, mas eu tenho 100% de culpa. Não consegui deixar nenhum post programado :/
MAS HOJE ESTOU AQUI, CERTO? Uma semana após a pré-estréia de Suicide Squad e é disso que quero falar hoje. E daquele jeitinho: sem spoiler <3


Ultimamente, eu não tenho procurado muito sobre os filmes que estou ansiosa para assistir. Primeiro porque não quero criar muita expectativa e me decepcionar no cinema (como foi com Batman vs Superman). Segundo que estou gostando dessa coisa de ser surpreendida.
Então eu fui ao cinema, com minhas expectativas normais, animada apenas pelos poucos trailers que vi e...

SAÍ DE LÁ CARREGADA!

Okay, um pouco de exagero, mas eu ADOREI! Já quero ver de novo, beijos e tchau!

Não, agora sério. Vamos falar dos pontos positivos e negativos do filme.

Destaque ultra, mega, blaster, fenomenal, para a incrível Margot Robbie. Morgot nos entregou uma Harley Quinn excelente. Louca, apaixonada, perigosa, inteligente. Você consegue perceber o quão presa na própria mente ela é, o quão alheia ao mundo ela se encontra. Em vários momentos eu consegui sentir pena dela, quanto sua história é contada e em outras cenas a mais.
Porééééééém... É aquela coisa que já estava sendo discutida na internet: a super sensualização da personagem. Isso já vem de tempos, Harley foi perdendo suas roupas de quadrinho em quadrinho. até chegar a esse shortinho menor que calcinha boxer e a camisa tamanho PP. Temos algumas cenas onde o corpo dela é mais explorado do que a personalidade da personagem? Temos. Mas eu percebi que isso foi muito mais utilizado nos cortes para os trailers. No filme em si, não há tantas cenas assim (talvez só a roupa mesmo). E toda a atuação da Margot consegue contornar essa situação. Eu, pelo menos, consegui ver a força da Harley por trás das roupas sem sentido (afinal, quem DIABOS vai pra uma guerra de salto alto?!!).

Will Smith não decepciona, não é mesmo? Não foi diferente com o seu Pistoleiro. Eu pude sentir a luta interior que ele sofre: a vontade de ser diferente pela filha X o quanto ele gosta de matar gente por dinheiro.  O quanto ele detesta e ama o que faz ao mesmo tempo. Ele não é um louco e quer se manter assim. Ao decorrer do filme, eu pude sentir os pequenos laços que ele começou a criar com seus companheiros, especialmente com a Harley (porque, afinal, os dois são basicamente os principais no filme).
Poréééééém... Will foi maravilhoso, mas eu acho que poderiam ter escolhido outro ator.
Pense comigo: Will Smith é famosão. Já tem o rosto dele marcado em UM MONTE de personagens. Todo o restante do elenco não é tão famoso assim, é mais fácil você aceitá-lo como um personagem vivo e não como um ator. Will fez um trabalho incrível, mas inúmeras vezes eu tive que dar uma chacoalhada na cabeça e me lembrar que aquele ali era o Pistoleiro, não Will Smith.

E VIOLA DAVIS?
Eu assisto Arrow, então já achava a Amanda Waller da Cynthia Addai-Robinson sensacional. Toda durona, cheia de marra, a expressão sempre rígida.
Mas aí vem a Viola e explode tudo. Apesar de ser a chefona da bagaça toda, a mente por trás de tudo, Amanda não aparece tanto assim, mas nas cenas em que aparece... Viola a faz bem! Ela impõe respeito sem abrir a boca, tem aquela fúria nos olhos. Palmas, palmas, e palmas.

E falando em não aparecer muito...
Você quer assistir ao filme por causa do Joker? Quer mesmo? De verdade?
Bem, mude de ideia. Não é spoiler, mas só pra você não se decepcionar lá na sala do cinema, ele não aparece muito. 
O que, se você for parar para analisar, faz todo o sentido. O Coringa não faz parte do Esquadrão, por que ele estaria lá então?

Eu te digo.
Primeiro: para vender.
Não vamos mentir, se não tivessem colocado o Coringa nos posters, imagens de divulgação e trailers, mó galera não ia estar nem azul para o filme. Então, sim, o Coringa estar no filme foi uma estratégia babaca de marketing, sim!

"Tá, mas e as cenas em que ele aparece então? Foi bom o personagem?"
Ééééééé...
Beleza, aqui é um ponto em que pode gerar uma certa briguinha (como sempre tem em filmes de HQs).
Eu, euzinha, Wendy aqui, minha pessoa, yo, me, myself and I... Detestei.
Sim, detestei. Pode falar o que quiser, eu não vou mudar de ideia.

Eu simplesmente não consegui ver o Coringa na pele do Jared Leto. Não consegui gente, desculpa, o choro é livre!
Tão ligados naqueles cosplays que o pessoal faz de universo alternativo? Pra mim, aquele Coringa foi isso. Um cosplay de universo alternativo. Parece que um cosplayer pensou "como seria se o Coringa fosse um gangster gostosão?" e saiu aquilo. Ele não tem carisma, ele não encanta, ele não parece um louco psicótico. Ele tá ali pra vender e só.

"Ai Wendy, mas ele é baseado nos novos quadrinhos". Pô, beleza, show. Isso é para explicar o visual do personagem mas... E a personalidade? Não existe Coringa ali. Desculpa, não.

EEEEEE VAMOS FALAR DA RELAÇÃO JOKER <3 HARLEY? Obrigada.
Eu simplesmente ODIEI a forma como romantizaram isso. Gente, por favor, todo mundo sabe que o Coringa é incapaz de amar, que isso não está na lista de habilidades do personagem. Grande destruição e tormento, sim. Amar e se importar com alguém, não!
No filme, a relação de Coringa e Arlequina parece ser perfeita! Dois loucos que se amam e causam o maior caos em Gotham, por que não? Um está disposto a morrer pelo outro.
E POR FAVOR NÃO, NÃO É ASSIM QUE A BANDA TOCA!
Não estou dizendo que apóio isso, mas toda a violência que a Harley sofre nas mãos do Coringa é o que a faz ser quem é. No filme, ele dá uns choquezinhos nela, faz uns truques com a mente dela e pronto, ele criou a namoradinha louca perfeita e a ama. Fora isso, ele não dá UMA palavra dura para ela, ele não dá UM tapa nela. Para a história da Harley, isso era importante! Para a história do relacionamento dos dois, isso era crucial! Agora temos um monte de meninas que tem um Crush no Coringa e querem um relacionamento como o dos dois E NÃO! PAREM POR FAVOR, SUAS DOENTES!

BOOOM, tirando essa parte relacionada ao Coringa (personagem e relacionamento), eu gostei muito do filme.
Claro, que sempre que temos um grupo como personagens principais, dois se destacam mais. Katana e Kiling Croc poderiam ter sido desenvolvidos mais, ao invés de terem umas cinco falas o filme todo. Capitão Bumerangue poderia ter feito mais jus ao seu nome. Diablo poderia ter usado mais seus poderes (apesar de, assim como Pistoleiro, você conseguir sentir o conflito interno que ele sofre). 

Eu vi gente criticando o roteiro, dizendo que era fraco e previsível, mas olha... Ao meu ver, desde o começo, Suicide Squad seria um filme para apresentar novos personagens ao universo cinematográfico, para apresentar um "novo tipo de filme" (afinal, quantos filmes você conhece onde os "mocinhos" são os vilões). Confesso que não esperava um roteiro maravilhoso de história super, mega elaborada. Mas para a proposta que foi? Eu achei bom.
Boas piadas, bons diálogos, boas atuações, bons personagens, bons cenários e fotografias, bons efeitos especiais, MARAVILHOSA EXCELENTE TRILHA SONORA QUE QUERO PARA MINHA VIDA MEU JESUS. E, claro, boas referências <3 Eu morri forte com algumas delas *--*




NOME: Suicide Squad
DIREÇÃO: David Ayer
DURAÇÃO: 123 minutos
CLASSIFICAÇÃO: +12
GÊNERO: Ação, Aventura, Fantasia
ELENCO: Adewale Akinnuoye-Agbaje, Cara Delevigne, Jared Leto, Jai Courtney,  Jay Hernandez, Joel Kinnaman, Karen Fukuhara, Margot Robbie, Viola Davis,  Will Smith.

E vocês? Já assistiram ao filme? Estão ansiosos? Já assistiu e concorda comigo?
Deixe seu comentário, se inscreva no blog <3
Beijos e até amanhã ;*



You Might Also Like

9 comentários

  1. Eu ainda não fui ver e to louca pra ir. Já vi algumas resenhas negativas e até uma entrevista da Margot explicando o motivo de ter "pouco" Coringa no filme. Eu gostei demais da tua resenha! Eu li cada pedacinho e fiquei com mais vontade de assistir ainda! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá assistir, de verdade! Eu nem fui com expectativa de ter Coringa, então foi de boa pra mim. Mas o filme é bom, sério, só vai!
      Obrigada pela visita!
      Beijos ;*

      Excluir
  2. Esse filme tá realmente dividindo opiniões né? Galera tá ou amando ou odiando. Eu, tô ansiosíssima pra assistir.
    Gostei bastante da sua resenha, Wendy!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NJOASNOJAS pois é! O pessoal não tá conseguindo um meio termo pra ele, maldade isso.
      Obrigada pela visita!
      Beijos ;*

      Excluir
  3. Finalmente alguém que também gostou do filme! Eu adorei, mas entendo os pontos negativos. E realmente, a Margot tava sensacional! <3

    Beijo!

    Cami.


    www.delamila.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Margot rainha de nossas vidas <3
      Obrigada pela visita!
      Beijos ;*

      Excluir
  4. QUE RESENHA S E N S A C I O N A L!
    Eu passei a resenha inteira inteira, gritando (literalmente): SIIIIM! SIM SIM SIM!
    Apesar dos pontos negativos, eu veria esse filme umas 20 vezes sem enjoar, numa boa!
    Tá muito bom! E sobre o Leto, eu gostei dele, acho que se dessem uma deixa maior ele vai mostrar um bom potencial. ISSO SE derem um roteiro bom pra ele, não um romantizado. E CADE AQUELA CENA QUE ELE BATE NA HARLEY? AFF ESPEREI DEMAIS POR ISSO!
    Enfim, estou muito irritada com isso também porque até eu achei eles fofos, e olha que eu sou super defensora do: NÃO É UM ROMANCE, É UM RELACIONAMENTO ABUSIVO!
    Está fraco, muito fraco. Enfim, de praxe, tá tudo muito legal! Concordo com muita coisa que você falou!

    AMEI AMEI! Beijos, Grazi.
    http://chocowhovian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também veria mais vezes, só não sei se iria ao cinema pra isso NJOASNJOAS
      Eu to dando um desconto pro Leto, espero que façam um filme onde ele possa se mostrar como ator mesmo, como o Coringa, porque até agora, ele ainda tá em 0% pra mim x.x
      Obrigada pela visita!
      Beijos ;*

      Excluir
  5. Bem legal sua review!

    Sinceramente não consegui ver o filme com todos esses pontos positivos, sério. :/

    Fui ver o filme com a cabeça livre dessas críticas negativas, mas o que vi foi um filme com um roteiro bem fraco, cheio de buracos e com fraco desenvolvimento.

    A Arlequina, para mim, foi uma das maiores decepções do filme. Sempre na sombra de alguém, Pistoleiro ou Coringa, ela não se desenvolve ou se mantém sozinha. Precisa de um apoio para suas cenas, exceto as cenas em que é sexualizada ou com as loucuras sem sentido, como por exemplo a cena - do trailer - que ela quebra uma vitrine para pegar uma bolsa. Ficou muito superficial, quase que uma adolescente mimada e ~revoltada~.

    O Will Smith foi "ok". Apesar de eu não comprar esse dilema que ele tentou transparecer. A cena inicial é o início dessa contradição e se alonga por todo o filme. Achei o envolvimento dele com os demais personagens, além de fraco, muito rápido. Não questiono ele virar líder, apesar disso ter sido algo definido no contrato dele com a Warner, mas o entrosamento daquela forma é sem sentido.

    É um grupo de mercenários, sociopatas e psicopatas. Ninguém ali, há não ser por um motivo muito grande, criaria laços entre si. Não em uma missão solitária.

    O Corgina de Leto, realmente, é o pior dos últimos anos. Não acredito que seja por culpa dele, de verdade, e sim pelo fraco roteiro proposto.

    As cenas do Batman, Flash e cena pós-crédito também achei muito, mas muito, ruim.

    Mas gostei do seu ponto de vista e ainda mais por você escrever sem spoilers. Não conhecia seu blog, vou começar a freqüentar. :)

    Cadu Pereira
    http://www.umavidaqualquer.com

    ResponderExcluir

Hey geeks (:
Espero que tenham gostado do post.
Deixem seus comentários, perguntas, elogios. Uma palavrinha de vocês já vai alegrar o coração da ruivinha aqui ;*

Subscribe